Entry: verdade #3 Thursday, November 25, 2010



Que resposta você daria para essa ameaça: "Não se apaixone!"? Se é que ameaças precisam ou merecem resposta, não é mesmo? A ameaça é somente um grito, um aviso, que só quem avisa sabe. Quem sofre, recebe, ouve, não sabe nada dela. Só o que saiu da boca de quem ameaçou. O que vc diria dessa ordem, desse pedido, desse socorro, desse mando, desse abuso? Abuso total! Que mulher é essa que acha que pode de alguma forma controlar o que eu sentirei por ela? Hoje, amanhã ou daqui a uma década? Enquanto eu abraçava a cintura dela, e aquele aviso de perigo piscava em nossos olhos ela liberou pela boca essa ameaça: Não se apaixone! Engraçado, risível, muito gracioso e gostoso por que era fraco. Era pra mim ou pra ela mesma que ela dizia aquilo? Enquando aquela preta abusada e absurdamente estranha cresce dentro dos meus pensamentos mais óbivios o movimento dela é esse: grito, ordem, ameaça:"Não se apaixone!" Eu sei do meu limite. E você não manda em mim.

   0 comments

Leave a Comment:

Name


Homepage (optional)


Comments